O Céu na Terra (Portuguese Edition) por Vinicius Ducatti

O Céu na Terra (Portuguese Edition)
Titulo del libro : O Céu na Terra (Portuguese Edition)
Fecha de lanzamiento : May 28, 2018
Autor : Vinicius Ducatti
Número de páginas : 35
ISBN :
Editor : Vinicius Ducatti

Buscando ebook libro las O Céu na Terra (Portuguese Edition) PDF, EPUB? Usted estará feliz de saber que este momento en que libro las O Céu na Terra (Portuguese Edition) Door PDF, EPUB está disponible en nuestra biblioteca en línea granlibro.club. Con nuestros recursos en línea, puede averiguar cuándo sale el recluso o casi todos los ebooks de Touttype, para cualquier tipo de producto. Lo mejor de todo, son completamente libre de encontrar, usar y descargar, por lo que no hay costo o estrés en absoluto.


Vinicius Ducatti con O Céu na Terra (Portuguese Edition)

No centro do Universo, uma fonte arde desde sempre e para sempre arderá, originando e destruindo tudo o que há. Matéria e energia, tempo e espaço, morte e vida, carne e espírito preenchem o que antes era o nada. A sucessão das eras aperfeiçoa a criação primordial e, da mais destilada perfeição, eis que surge o imperfeito ser humano. O homem questiona o princípio, questiona o presente, questiona o destino e, quando morre, seu corpo se decompe, seu espírito vira energia e sua mente voa livre em direção ao vazio. Quando, porém, a alma de um deles se recusa a abrir mão da consciência, surge o primeiro imortal. Seguindo-lhe o exemplo, uma série de homens supera a morte e evolui para algo novo, algo até então inominado, algo em que os viventes passam a acreditar. A evolução imortal do homem, a quem os vivos se referem como anjos, não está, contudo, de todo liberta da matéria: com todo o Universo à disposição, ela volta a sua atenção aos viventes, interfere diretamente em seus destinos, caminha por entre eles, instiga-lhes a provar tudo o que a carne pode oferecer. Um cabo de guerra valendo a salvação ou a danação do espírito humano, eis o Céu na Terra.

Uma bela jovem padece sem ter como escapar ao pai alcoólatra. Um escritor em fuga do mundo aprecia o final de mais um solitário dia. Um detento sofre retaliação pelos seus crimes e pecados. Todos eles são observados de perto por seres imortais que lhes fogem à compreensão. Cansados de não intervir, os observadores tomam parte ativa no destino de cada um dos mortais, porém nem mesmo para eles a intenção do criador é clara, uma vez que Deus é, também, Demônio e, como tal, está sujeito à vaidade.

Segundo livro do autor, que também escreveu Aurora (2010), 9 Crimes (2012) e Abismo (2017).

Ao provável leitor, peço a gentileza de deixar seus comentários e críticas construtivas. Obrigado e boa leitura!